voltar

Quando um baú rústico renasce

Além de estar com os pés quebrados e vários danos, o baú rústico da Érika também tinha cupins. Começamos então pela descupinização do móvel através de uma empresa especializada, porque só vale a pena restaurar um móvel quando está sem pragas.

O trabalho na oficina foi intenso, como pode ser visto nas fotos abaixo, mas ao final foi possível resgatar a beleza da madeira rústica. Aplicamos um tecido estampado estampa geométrica na parte interna do tampo, criando um interessante contraste de cor e estilos. Instalamos também um pistão que tem duas funções: facilitar o movimento do tampo e fixá-lo quando aberto.

Pronto. O baú rústico renasceu cheio de saúde e estilo.

  • antes
  • depois
Quando um baú rústico renasce
Quando um baú rústico renasce
Quando um baú rústico renasce
Quando um baú rústico renasce