voltar

O armário que virou adega

Quando criança, Nelson usava esse armário como esconderijo nas brincadeiras sem fim…

Hoje, apreciador de vinhos, procurou a Casa Grim para restaurar o móvel e transformá-lo em uma pequena adega.

Como chegou infestado por cupins, a primeira medida foi exterminar a praga e só então começar essa minuciosa restauração. Algumas madeiras precisaram ser trocadas pois estavam ocas e comprometiam a estrutura. Ao raspar o móvel, uma surpresa: o tom natural da madeira era muito mais claro do que aparentava! Garantida a estrutura interna, fizemos os nichos das garrafas e instalamos os trilhos para as taças de vinho. Por último, a pintura e lustração, valorizando o desenho original do móvel.

O mais legal foi a alegria do Nelson e da Magda ao verem o resultado!

  • antes
  • depois